Meu olhar sobre Os Vingadores: Nós temos o Hulk!

Avengers Assemble


É domingo, ta chuvendo muito esse fim de semana e eu demorei muito pra falar sobre esse filme que me fez vibrar como se fosse a última obra de arte dos últimos tempos. O filme que fez com que todos os fãs de quadrinhos e os recém descobridores de heróis da Marvel temessem por um fiasco, diante dos últimos lançamentos que não vingaram, eles vieram para vingar: 

OS VINGADORES – THE AVENGERS (The Avengers, EUA, 2012) Direção: Joss Whedon Roteiro: Joss Whedon Elenco: Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth Duração: 142 min Distribuição: Paramount Pictures

the-avengers-skill-hulk-06abril2012
O Vingador



Assisti o filme na semana de estréia e saí muito empolgado pra contar a todos sobre a boa nova que os esperavam, mas confesso que fiquei com medo de fazer isso por conta de outros casos parecidos. Preferi esperar a empolgação passar, esperei que todos falassem e escrevessem, recomendei o filme no boca a boca e mostrei essa a alegria a 3 pessoas no máximo. Isso tudo pra perceber alguns erros cruéis com os fãs brasileiros. Mas vou comentar sobre isso no final do texto. Esse texto é diferente dos outros que escrevi, não chega a ser uma crítica, pois não sou conceituado pra isso, mas é uma avaliação minha.

O texto não contém spoilers (revelação do enredo), minhas impresões são totalmente voltadas a estrutura do enredo e a forma como os heróis se relacionam, que resume toda a ansiedade e medo que senti enquanto o filme vinha a ser produzido. Em primeiro lugar tenho que agradecer a Disney por tornar esse sonho real e bem feito, muito bem feito. Eu não acreditava neles quando compraram direitos da Marvel.

Lembro que quando era guri comecei lendo histórias do Conan, depois Batman e ganhei dois bonecos: Capitão América e Iron Man (Homem de Ferro). Não dava tanta importância em saber quem eram pois eu era viciado nas séries japonesas. A única coisa que meus irmãos disseram foi que o Capitão América era o CAPITÃO AMÉRICA, já o Iron Man voava e era incrível soltando lasers e mísseis. Graças a

Desde que o cinema desenvolveu com competência os efeitos especiais na década passada, muitos deles estavam sendo utilizados de forma banal ou sem emoção de acordo com o contexto. 
Joss Whedon teve a sensibilidade de pegar uma história em quadrinhos e transforma-la em filme com maestria por conta do seu passado com ela, ele é fã e fez o que muitos de nós queriamos ver: Um filme de heróis narrado, apresentado e representado como ele foi concebido. É por isso que Vingadores supera de longe todos os outros filmes em que reuniram vários heróis pra darem conta de uma trama. Existem grandes filmes que surpreenderam e caíram no gosto do público, mas a maioria deles só teve um personagem central. Filmes como X - Men e Quarteto Fantástico foram verdadeiros fiascos pros fãs e isso importa muito no final, tanto pra quem paga quanto pra quem investiu no filme já que a divulgação vai ser muito maior e a curiosidade vai trazer mais público. É difícil colocar vários astros e personagens no mesmo contexto e administrar isso sem que um apague o brilho do outro. 
Em momento algum eu vi um filme só sobre o Homem de Ferro: Downey Jr rouba todas as cenas em que aparece. É incrível como o sujeito é talentoso e puxa toda a atenção pra si nas cenas. Mas as pessoas já conheciam o personagem por conta dos outros dois filmes de grande sucesso. Tony Stark teve o destaque que precisava ter como uma grande mente dentro da equipe, foi muito bom ver a tabelinha com Bruce Baner que é outra grande mente dos quadrinhos. Toda vez que Stark aparecer no filme vai ter algo muito massa pra ser observado. O homem realmente consegue vender a idéia de que é Tony Stark e eu não vejo outra pessoa pra substitui-lo. É o personagem mais excêntrico, mais divertido, mais cabeça-dura dentro do filme.  
O Capitão América e sua roupa ridícula merecem um destaque nessa história, você consegue engolir que tem vários caras esquisitos com poderes e habilidades esquisitas no meio de Manhattan vestidos de forma excêntrica. Você consegue ignorar tudo isso até o Steve Rogers surgir com uma fantasia azul marinho e botas vermelhas. A produção cometeu um grande erro trazendo a fantasia velha pro filme atual e uma fantasia avançada pra um filme antigo. Vocês vão reparar que depois de Cavaleiro das Trevas os personagens ganham uma fantasia meio blindada e sem cueca por cima do colan, inclusive o próximo Superman vai ser dessa maneira, e vários outros heróis tem seguido essa tendência, infelizmente fizeram todo o contrário com meu querido Capitão América. Apesar disso o personagem assumiu o lugar do líder e estrategista que lhe cabe. Os personagens conseguem o destaque, cada um assume uma função e a dinâmica do filme funciona certinha.

Assim como citei o Homem de Ferro que foi apresentado em dois filmes anteriores, sendo que o primeiro foi um filme indepente da Marvel numa tentativa de última cartada e o segundo foi produzido pela Disney, todos os outros personagens ja tinham sido apresentados em filmes anteriores e sinceramente nem todos foram tão bons. Eu poderia falar do Thor com o mito do homem perfeito que caiu do céu, uma tentativa de conquistar mais o público feminino e empurrar goela abaixo uma história meia-boca, mas eu vou destacar o Hulk. 
O que fizeram com o Hulk nos filmes anteriores foi uma m...! Eu cresci assistindo uns filmes do Hulk no Cinema em Casa , sinceramente eu preferia estes filmes do que os posteriores. Os intérpretes variaram muito e os bonecos nunca ficavam convincentes. Não dava pra comprar as histórias e nem alguma coisa que fosse relevante. O filme com Edward Norton foi tão chato que eu dormi na poltrona. Mas nesse filme eu voltei a ser fã do Hulk e tenho que pedir desculpas por ter criticado o  Mark Ruffalo. Foi fantástico! Se eu tivesse escrito esse post assim que vi o Hulk, vocês entenderiam o que quero dizer. O personagem com certeza foi vingado! Foi incrível ver um "tank" daquele jeito. Onde o Hulk aparecia tinha som de coisa sendo destruída. Eu fiz uma aposta com minha namorada que se o filme superasse as expectativas dela e se o Hulk fosse a surpresa, ela me daria Diablo 3, caso eu perdesse iria dar o presente que ela quisesse. Salvou meu bolso!

Fora isso, o Thor se mostrava pra baixo. Parecia decepcionado com algo, devia ser pelo fato de mostrarem os Deuses Asgardianos como ET's ou simples reis de um universo paralelo. Que vergonha, produção! Que vergonha. Enquanto investiram tanto no Hulk e outros personagens, o Thor... Thor, o deus do trovão, vai ter aqui um espaço merecedor do seu papel no filme.
Os personagens humanos (Viuva Negra, Gavião Arqueiro, os agentes e Nick Fury) tiveram deveres humanos, nada de tão espetacular. O mesmo pecado que tiveram com Thor cometeram com Loki. A frase "Eu era um rei" comprova que não menti nessa avaliação.


O filme ta cheio de piadinhas e efeitos incríveis. Algumas piadas são bem clichês e outras cenas são absurdas quando comparadas ao real valor no mundo dos quadrinhos. Mas não vem a estragar o filme. Acho que aos mais fanáticos e conservadores vem a incomodar. 
A Disney não havia enviado as cópias originais pro Brasil e isso me deixou um pouco chateado, não que isso viesse a mudar minha vida, mas se é pra fazer um bom trabalho então façam. O filme só foi lançado na "América" uma semana após o lançamento em outros países e com isso nós perdemos uns 3 minutos de filme, não é grande coisa pra quem busca o entretenimento do blockbuster, mas pra mim que sou fã foi uma pontada no coração pois não exibiu a cena da nave anfíbia decolando e uma cena a mais nos créditos finais que tinha 30 segundos valiosos. Uma cena cômica que talvez não tenha tanta graça, mas ajudaria muito naquele momento de euforia que eu e mais alguns gordos estávamos vivendo ao final da sessão.
Outra coisa que as produtoras atuais estão errando é na revelação das melhores cenas durante os trailers. Geralmente isso acontece quando o filme não vale a pena, mas tem cenas importantes que poderiam ser guardadas. O povo desaprende a fazer sucesso na ambição de ganhar dinheiro e atrair público. Por conta disso eu não assisti o último trailer do Batman e uma das cenas mais legais do filme dos Vingadores você ja sabe o que vai acontecer.

Mesmo finalizando trazendo os erros, eu recomendo fortemente que você saia de casa e vá assistir o filme com amigos, amantes, parentes ou só. Vale a pena ver os caras mandando ver junto com o virgem de 80 anos do Capitão América. Assistam e vocês entenderão o frenesi de muitas pessoas e mais ainda: Entendam por que a frase "We have a Hulk" vai me dar um ótimo game.

Comentários