A difícil compreensão

Aquele momento na vida, quando se dá conta de que não existe motivo racional para estar passando por certas coisas. Acordar, sair, lutar, voltar pra casa e fazer todas as outras coisas que fazem parte da sua rotina. Os mesmos problemas, novos problemas, problemas e mais problemas, não param de chegar, ligar, bater em sua porta e cada vez mais coisas pra resolver, sem descanso, não tem uma saída óbvia e o fim está cada vez mais distante por um lado e muito próximo por outra via. 

Aquela hora em que me pego olhando pro vazio, imaginando tudo isso e não enxergar o sentido de tanta coisa e assim percebo que estou sentado com os olhos arregalados, com a boca aberta por estar surpreso, estupefato, sem entender mais uma vez. 

Um dia como hoje em que chego cansado, irritado, vendo outras pessoas atrapalhando meu caminho e dificultando o que faço. Meus pensamentos ficam reclusos já que não tenho com quem compartilhar. Quem me entende quer estar cada vez mais longe, quem está perto não enxerga o que quero mostrar e quem quer entender não tem maturidade e se esforça a ponto de dar pena. Aí eu pego o Smartphone, abro, vejo aquele sorriso que me deixa...  e num momento espontâneo pra buscar a resposta e ver sentido em tanta dificuldade tenho vontade de gritar: 

MEU DEUS, POR QUE?

Comentários